Tche-Brasil-1140-x-500-px

Inauguração da Tchê Brasil Churrascaria  em Auderghen 

Um gaúcho e um catarinense uniram-se para trazer aos brasileiros da Bélgica uma verdadeira churrascaria gaúcha. Barbaridade Tchê! 

São eles: Eder Ferreira, nascido em Santa Rosa no Rio Grande do Sul, e Rafael Fernandes, da cidade Criciúma em Santa Catariana. 

Com vasta  experiência, Rafael trabalhou em churrascaria na Itália por 10 anos e Eder trabalhou no Brasil e em Bruxelas também. Ambos com a mesma cultura, tinham em comum o mesmo sonho que era abrir uma churrascaria, e no dia 28 de novembro o sonho dos “guapos valentes e corajosos” se concretizou. 

Neste dia, aconteceu a pré-inaugurarão com um fino coquetel com mesa de frios e vinhos para a abertura ao conhecimento do espaço. A inauguração oficial foi no dia seguinte, quando o buffet livre e o espeto corrido foram apresentados e aprovados pelas comunidades brasileira e belga. 

Quem já não ouviu um gaúcho dizer: “Barbaridade, Tchê“? 

Ou de modo mais abreviado: “Bah, Tchê“? Essa expressão, própria dos irmãos do sul, tem um significado muito curioso.  

O termo “tchê”, muito utilizado na região do Pampa, não é exclusividade dos gaúchos: é usado com certa frequência em países latino-americanos. A expressão TCHÊ (Brasil) e ou CHE (Uruguai, Argentina, Bolívia e Chile), segundo historiadores, provém das línguas e dialetos indígenas de tribos que habitavam esta região.  

Um churrasco diferenciado!  Por que todos dizem que o churrasco gaúcho é o melhor? 

“Ah, isso vem com um papel importante na formação da identidade cultural gaúcha, o churrasco é uma das maiores tradições da região. Com origem em terras remotas dos pampas, a carne na brasa preparada ao estilo do Rio Grande do Sul ganhou o resto do país”, explica Rafael.  

Mas, com o tempo, o churrasco se espalhou por todo o Brasil, tornando-se uma das maiores marcas da cultura do Rio Grande do Sul. “À medida em que foi cruzando as fronteiras do Estado, a carne passou a ser elaborada de outras formas, de acordo com a região”, resume Rafael e diz que vão adaptar de acordo com os estados. “Podem ficar tranquilos (rsrsrs)”. 

Atendimento que agrada a todos 

“A nossa maior preocupação é servir bem aos clientes com atendimento personalizado e um cuidado especial no preparo de todo buffet, principalmente do saboroso churrasco com as mais nobres carnes e ingredientes de primeira qualidade e temperos que agradam a todos os gostos”, afirma Eder.  

Fotos clicadas pela fotógrafa Vivi Godinho, dia 28, no coquetel. 

O buffet 

Com mais de 30 tipos de pratos quentes e frios e antepastos, que é o conjunto de iguarias servidas antes da refeição. Rodízio 

Contamos com mais de 20 tipos de carnes com tradicionais cortes bovinos, suínos, aves e ovinos. 

Oferecemos um ambiente agradável e aconchegante, com saboroso churrasco gaúcho, “Barbaridade Tchê”.  

Esperamos por vocês! 

 

Por Ângela Piqui 

AÇOUGUE COSTELA

Fácil acesso. 

à 5 minutos da Gare du Midi, em Saint-Gilles.

Espaço moderno de 130 m2.

Estacionamento privado com 8 lugares.

Compartilhe esta notícia

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!