Mãe-Santana-2-1140-x-500

Mãe Santana:

Inspiração de muitas mães que deixam filhos no Brasil e vencem 

“Foi no interior da Bahia que iniciei minha história de luta e superação”. Assim conta Nice Santana, nascida em Santa Maria da Vitória, Bahia, em 26 de setembro de 1974. Filha de Antônia e Flaviano, Nice começou a trabalhar aos 9 anos de idade, enfrentando muitas dificuldades, pois a sua família era de origem humilde e, além dela, seus pais tinham mais cinco filhos. 

Aos 15 anos, ela se envolveu em um relacionamento muito conturbado. Apesar disso, ela conta que rendeu bons frutos, que são os seus quatro filhos: Rodrigo, Izy, Suilan e Larissa

 “Minha primeira gravidez foi aos 15 anos. A última foi aos 24 anos, do meu filho Pedro, fruto de outro relacionamento. Aos 25 anos, eu já era mãe de cinco filhos e batalhava muito para poder sustentá-los. No entanto, as dificuldades só aumentaram, pois onde eu residia não tinha muita perspectiva de trabalho e eu não tinha concluído meus estudos, minando qualquer possibilidade de sucesso e garantia de um futuro melhor para os meus pequenos. Foi quando eu decidi enfrentar o mundo e me mudar para outro estado. Foi muito difícil tomar essa decisão, pois eu não conseguiria levar todos os meus filhos de uma vez. Deixei as meninas com os avós e levei os meninos para morar em Goiânia/GO, com esperança de retornar para buscar os que ficaram. 

Morei em Goiânia por cinco anos, trabalhando duro em um hospital, 24h por dia. Foi o trabalho que me tornou uma mulher forte, corajosa e independente. Eu sempre tive disposição para o trabalho, pois sabia que só assim conseguiria realizar o meu sonho, que era de unir minha família”, explicou Santana. 

Desafio, sofrimento e choro 

“Forte nessas razões, mais uma vez, a vida me surpreendeu e eu aceitei um grande desafio. Minha prima Maria Pereira, que morava na Bélgica, país que até então eu desconhecia, me chamou para trabalhar na Bélgica. E, mais uma vez, tive de fazer renúncias, deixei meus filhos com os pais e mudei para outro país. Só com a coragem. Minha prima pagou minha passagem, arrumou um trabalho e um lugar para eu morar. 

Não foi fácil me estabelecer na Bélgica, somente na segunda tentativa que eu consegui permanecer no país. Foi a época mais difícil da minha vida. Eu estava em um país com cultura e língua diferentes, e completamente só. Chorava muito com saudades dos meus filhos, a comunicação era muito difícil, além do fuso horário, as ligações eram muito caras em cabines telefônicas”. 

Um grande homem e um amigo   

“Quando eu já não aguentava mais a solidão, conheci um grande homem, Rui Caldas Rodrigues, de origem portuguesa, com quem vivi uma linda história de amor. Por convivermos em união estável, conseguimos legalizar a minha situação no país, e ele me ajudou a trazer os meus filhos para a Bélgica, pois sabia do meu sofrimento em razão da ausência deles. Primeiro veio a Suilan, depois o Rodrigo. O nosso relacionamento chegou ao fim, mas seguimos amigos”. 

Enfim, Santana conseguiu trazer todos os filhos 

“Graças ao sucesso da empresa, consegui trazer mais uma filha, a Izy, que em 2016 me deu meu maior presente, minha netinha Layza. Foi o melhor momento da minha vida. Depois de alguns anos, eu trouxe o meu filho Pedro. Enfim, meus filhos novamente perto de mim. Depois de 14 anos de luta intensa e trabalho árduo, me sinto realizada profissionalmente, pois consegui conquistar além do que eu imaginava, abri meu próprio negócio e estou em busca de um novo projeto de trabalho, que sem dúvidas também prosperará. Além disso, consegui realizar meu grande sonho de ter meus filhos perto de mim, isso não tem preço. Apesar de todas as dificuldades que enfrentei, o sorriso sempre estava colado no meu rosto e nunca deixei a tristeza tomar conta do meu coração. No começo pensei que não conseguiria suportar a saudade, mas esse sentimento se transformou em combustível para conquistar o meu sonho de ter minha família unida”, conclui Santana, satisfeita. 

Filha se torna advogada 

“Nesse momento da minha vida, tive a feliz notícia de que minha filha Larissa havia passado no vestibular para o curso de Direito, em uma universidade particular. Trabalhei dobrado para conseguir pagar a faculdade dela e as despesas dos outros filhos. Consegui realizar o sonho dela e hoje tenho uma filha advogada, o que é motivo de muito orgulho, pois sempre quis o melhor para os meus filhos e vê-los realizados sempre foi uma motivação para continuar trabalhando”, conta Santana emocionada. 

Hoje Santana tem sua própria empresa 

“Sofri, mas venci. Eu fazia serviços de cleaning, até conseguir adquirir minha própria empresa, Santana Cleaning, que atende diversos hotéis belgas. Hoje tenho 5 anos de empresa constituída, contando com 29 funcionários, e atribuo essa conquista à minha determinação, sabedoria e respeito aos colaboradores”. 

Mulheres podem se espelhar em Santana 

“A gente não chega a lugar algum sozinho, sempre tem anjos em forma de amigos que nos ajudam nos momentos mais difíceis. Fiz grandes e bons amigos que posso confiar eternamente.  

Eu espero ser inspiração para muitas mulheres que, assim como eu, têm filhos e pensam que não são capazes de vencer sozinhas. Para elas, eu digo: só basta ter coragem, determinação e muita persistência. Nós somos capazes de mudar nosso futuro e oferecer uma vida melhor aos nossos filhos de forma totalmente independente. Com 5 filhos e 1 neta, tenho orgulho de ser mãe. Amo meus filhotes, eles são a minha vida”, finalizou Santana chorando!   

AÇOUGUE COSTELA

Fácil acesso. 

à 5 minutos da Gare du Midi, em Saint-Gilles.

Espaço moderno de 130 m2.

Estacionamento privado com 8 lugares.

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Fechar Menu

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.