Viajar-de-férias-com-prazer-e-economia-1140-x-500

Viajar de férias com prazer e economia! 

Viajar para curtir as férias, embora possa parecer que seja realização de muitos, para alguns chega a ser um sonho distante, até mesmo inatingível. Sobretudo quanto se pensa em ir além das fronteiras, conhecer outros lugares, outros países. No entanto, isso não precisa ser algo impossível. Pois, com um bom planejamento e uma boa estratégia, você poderá economizar e curtir a viagem dos sonhos! 

Viajar barato é o objetivo de qualquer pessoa, seja para tirar férias do trabalho, curtir o fim de semana, passear em família, sair em lua de mel ou até pra dar a volta ao mundo. Esse propósito pode te acrescentar capítulos inesquecíveis na sua história e proporcionar experiências que venham encher sua bagagem. Pois, mais do que lazer, viajar pode representar a descoberta do mundo e o reconhecimento de suas próprias habilidades. Além de ampliar sua visão da realidade e impactar sua filosofia e estilo de vida. 

Nestes dois últimos meses, julho e agosto, temos testemunhado um mundo em efervescência, com o fato de podermos viajar novamente, após longo período de impedimento pela pandemia. Segundo as estimativas da Booking.com, as reservas no site estão 15% acima comparado ao mesmo período de 2019, antes da pandemia, o que significaria um recorde para esta época do ano. Apesar deste entusiasmo, sabemos que viagens na alta temporada costumam ser mais caras. Por isso a importância de levar em conta alguns pontos de estratégia para economizar, e viajar com tranquilidade e prazer. A saber: 

Planejar com antecedência 

Quem planeja viajar, precisa começar pela pesquisa. Pesquisar muito, todo tipo de oferta e promoções oferecidas. E quanto antes começar, melhor, mais chances terá de conseguir boas ofertas.Compre passagens e agende hospedagens e ingressos de passeios com antecedência, pois assim você terá mais opções disponíveis e encontrará melhores preços. Não deixe nada para última hora. 

Fazer um orçamento 

Para fazer um bom orçamento é importante determinar um valor máximo, para que possa pesquisar dentro de um objetivo já estabelecido quanto ao montante. Não esquecendo que uma viagem vai além das passagens e hospedagem, inclui também alimentação, visitas, etc. 

Elabore um orçamento detalhado, definindo o destino e a duração da viagem. Em seguida, estabeleça regras e compartilhe com as parceiras de viagem, incluindo as crianças, falando sobre tudo, inclusive quanto vão poder gastar com lembranças, diversão, etc. 

Escolher destinos estratégicos 

Procure escolher destinos mais baratos/menos disputados. Na maioria das vezes, há mais alternativas de vôos com tarifas econômicas e hospedagens com melhor custo/benefício. Por isso, buscar destinos menos disputados faz diferença. 

Pesquisar voos adaptados 

Quem prefere viajar de avião deve sempre verificar tempo de voo, escalas e conexões. Vale lembrar que os voos mais baratos costumam ter várias paradas, escalas muito rápidas ou muito longas. Neste caso é importante encontrar um meio-termo entre custo e funcionalidade, pois o barato pode sair caro. 

Verificar opção de ir de carro 

Se a chance de reservar voos mais baratos já tiver passado, calcule se vale a pena ir de carro. Caso o destino seja longe, dá para ir parando no caminho, fazendo pequenas incursões de visitas, por exemplo. 

Optar por hospedagens simples 

Na hora de escolher onde se hospedar, não considere aqueles hotéis caros, até porque, provavelmente, você utilizará o seu quarto apenas para dormir, tomar um banho e fazer as refeições. Ou seja, não é preciso comprometer o orçamento com hospedagem. 

Avaliar outras opções de hospedagens 

Se você viajar com amigos ou em família, em vez de hotel, cogite ficar num gite ou em  flat com cozinha, colocando na balança o que sai mais em conta comparado ao que o hotel geralmente oferece. Ou, se o destino escolhido for muito procurado nessa época, vale a pena ver a possibilidade de se hospedar em uma cidade vizinha. Pois hospedar fora da região mais badalada da cidade pode render uma boa economia. Mas não vá longe demais das principais atrações, o gasto com transporte pode não compensar. 

Considerar agência ou consultor 

Para quem não tem tempo de pesquisar tudo isso, existem agências de turismo especializadas que podem te apresentar propostas segundo sua demanda, onde o custo-benefício do pacote pode até ser melhor do que fazer tudo por conta própria, já que a empresa conhece os destinos e atrações. 

Existem também consultores que podem te aconselhar e te ajudar a elaborar um plano adaptado à sua realidade financeira e de agenda, evitando gastos não planejados. 

Adenilson Pereira 
Gestor de finanças 

info@angel-consultancy.be 

Compartilhe esta notícia

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!