Relacionamento-1140-x-500

Relacionamento

Pastor Antônio Junior dá dicas  para resgatar o “clima de namoro” no casamento 

Muitas pessoas acreditam que depois que se casam não precisam mais viver como nos tempos de namoro. Mas isso não é verdade! Nós temos e devemos manter os bons hábitos que mantínhamos enquanto éramos namorados, porque foram eles que nos aproximaram e ajudaram a transformar a paixão em amor. 

Faça um teste rápido: dê uma volta pela praça da sua cidade ou pelo shopping no final de semana e observe os casais de namorados. Eu tenho certeza que a maioria deles vai estar de mãos dadas, conversando de forma descontraída, rindo um para o outro, se abraçando, se beijando… E isso é muito bom, não é mesmo?! 

E se isso é bom, por que perdemos esses costumes depois que nos casamos? Por que deixamos de trocar olhares, de passear de mãos dadas, de sair para comer alguma coisa? Por que paramos de nos divertir em casal? 

Infelizmente, quanto mais tempo vamos passando ao lado do nosso companheiro, mais vamos perdendo a essência do namoro no relacionamento. A coisa vai esfriando, aquela chama do início vai se apagando… Mas não foi isso que Deus planejou para nós. Ele criou o casamento para que ele fosse um presente e não um fardo; para que o homem e a mulher pudessem aproveitar o melhor que cada um tem a oferecer. 

Nós entendemos que, com o passar do tempo, as nossas responsabilidades vão aumentando. Vem a gravidez, os filhos, as responsabilidades diárias, as dificuldades financeiras… E tudo isso acaba mudando o foco do casal. E é aí que está o grande perigo: se não tomarmos cuidado para administrar essas situações sem deixar que o romantismo no casamento seja abalado, a rotina se instalará no relacionamento e afetará as estruturas que o amor levou tanto tempo para firmar.  

Diante de tudo isso, Thais e eu vamos dar algumas dicas para que você e seu cônjuge possam resgatar pelo menos um pouquinho do que vocês viviam nos tempos de namoro. 

1) Tenham tempo um para o outro (Eclesiastes 9:9) 

Por mais que hoje tenhamos de nos dividir entre diversas ocupações, como trabalho, estudo, cuidado com os filhos e a casa etc., é preciso ter tempo de qualidade para o cônjuge. Conversar, ouvindo com atenção o outro, divertir-se ou simplesmente ficar juntos, sem interrupções nem distrações, deve ser prioridade na vida do casal. 

Então, separe um tempo apenas para vocês dois. Se tiverem filhos pequenos, veja se algum familiar pode ficar com eles por algumas horas para vocês – NEM QUE SEJA UMA VEZ POR SEMANA, OU POR QUINZENA. O importante é se programarem para ter esses momentos a sós. 

2) Cuidado com as brigas e discussões (Provérbios 15:1) 

Desentendimentos e até mesmo brigas são normais dentro do casamento, mas não deixe que a raiva te domine e não grite com o seu companheiro. Gritar é uma agressão e, mesmo que não deixe marcas físicas, magoa profundamente o outro. Aprenda a ter domínio de si e faça tudo o que for possível para manter a educação e o respeito na hora das discussões. 

3) Perdoe sempre e peça perdão (Colossenses 3:13) 

Se você errou, peça desculpas. Admitir erros não é sinal de fraqueza, mas sim reconhecimento de que somos humanos e temos defeitos que precisam ser trabalhados todos os dias para poderem ser superados. A Bíblia diz em 1 João 1: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós”. (1 João 1:9,10) 

Agora, se foi seu cônjuge que errou, o perdoe. O orgulho e a dificuldade de perdoar são um veneno para um casamento feliz. Ser humilde e aprender a deixar de lado mágoas e desconfianças com o outro são atitudes que precisam ser cultivadas, pois somente assim o relacionamento será fortalecido. 

4) Alimente o amor (Colossenses 3:14) 

O amor entre o casal é algo vivo que deve crescer a cada dia, desde que alimentado com gestos de carinho e atenção. Um beijo antes de sair ou ao chegar em casa, um jantar especial num dia comum, uma flor deixada sobre a mesa, perguntar ao outro como foi o seu dia são pequenas coisas que podemos fazer para mostrar ao outro o quanto o amamos. 

É preciso ter consciência que carinho e presentes, por mais simples que sejam, não devem ser dados apenas em datas especiais. Eles devem fazer parte do dia a dia do casal. Aproveite também para relembrar quais eram as qualidades que mais admirava no seu marido quando se conheceram e faça elogios, mesmo que ele tenha mudado. 

5) Faça críticas construtivas (Salmos 34:12,13) 

Se você está insatisfeito com algo que seu marido ou esposa fez, fale! Guardar isso para você fará com que, em um momento de raiva, você acabe usando essa situação para atacar o outro. E a situação ficará muito pior do que se vocês tivessem tratado o problema quando ele aconteceu. Mas lembre-se de uma coisa: não é porque você está com a razão e o outro está errado que você pode ser grosso ou mal educado. Fale sempre com amor, porque as críticas e palavras ofensivas só levam ao desentendimento. 

6) Saiba agradecer (1 Tessalonicenses 5:18) 

Pode parecer muito óbvio, mas muitas vezes nos esquecemos de dizer “obrigado” aos nossos cônjuges. Só que agradecer é uma forma de reconhecer e valorizar as ações feitas pelo outro para nós. Se a esposa fez um almoço saboroso para vocês, agradeça; se o marido ficou com as crianças para você descansar um pouco, diga “muito obrigado”. Parece besteira, mas essa simples atitude pode melhorar a relação entre vocês de uma forma que nem imaginam! 

7) Tenham perseverança (1 Coríntios 13:13) 

Construir um casamento feliz não é fácil. E manter a chama dessa felicidade acesa com o passar dos anos é ainda mais complicado. Nós passamos e ainda vamos passar por tempos difíceis, porém, não podemos nunca nos esquecer dos votos que fizemos um ao outro no dia em que subimos ao altar: “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte nos separe”. Se os dois querem realmente ter um casamento feliz, precisam lutar por ele, sem desistir! E Deus ajudará (Mateus 19:6). 

FECHE OS OLHOS, PORQUE VAMOS ORAR PELO SEU CASAMENTO AGORA. 

“Senhor, meu Deus, neste dia eu oro pedindo para que o Senhor traga mais romance ao casamento de todos os seus filhos que estão lendo este artigo neste momento. Que esse marido e essa esposa aprendam como demonstrar o amor que ela sente pelo seu cônjuge e que o outro reconheça isso e também faça o mesmo. Não permita, Deus, que o desejo, o respeito e a admiração que um sempre teve pelo outro esfriem. Pelo contrário, que o amor aumente a cada dia e que eles se tornem cada vez mais íntimos. Por favor, Pai, cuide desses casamentos, fazendo com que marido e mulher sejam tão apaixonados um pelo outro quanto eram quando se conheceram. Em nome de Jesus, eu oro. Amém”.  

Nós esperamos que você tenha gostado dessa mensagem e desejamos que todo o romantismo dos tempos do namoro volte a ser uma realidade em seu casamento. Deus os abençoe. 

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Receba conteúdos como este diretamente no seu email!

Fechar Menu

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.